Postagem em destaque

Controle PID de Potência em Corrente Alternada - Arduino e TRIAC - Parte I

Este post é o primeiro de uma série de seis que escrevi tratando de controle de potência e PID (controle proporcional, integral e derivativo...

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

SpaceCamp 2014 I


Fui convidado pelos amigos Waldir e Oswaldo para participar do  SpaceCamp 2014, evento que eles criaram no Brasil baseado em iniciativas semelhantes mundo afora. O evento conta com a parceria da Agência Espacial Brasileira (link acima) e da OBA, Olimpíada Brasileira de Astronomia.

A ideia é reunir jovens de 13 a 18 anos (mas não só) em um "acampamento" onde, durante seis dias, vivêssemos atividades relacionadas a astronáutica e astronomia principalmente. Os jovens participantes são selecionados entre interessados em astronomia e astronáutica (aqueles que se destacaram na OBA, por exemplo), com algumas bolsas inclusive. Os demais se inscrevem pela net até o preenchimento das vagas.

Detalhe importante: não havia sinal de celular a não ser num mirante muito alto das redondezas. Também não havia internet para ninguém, ou seja, todas as oficinas foram feitas sem Google.

Foi a terceira edição do SpaceCamp. As outras tinham 60 participantes, mas nessa, como houve muita procura, eles resolveram dobrar o tamanho do evento e receberam 120 participantes. Teve gente que ainda ficou de fora.

Alunos posam com os "sóis" que usaram na oficina de astronomia do Prof. Canalle
Eu esperava muito desse evento, até por compartilhar com os amigos Oswaldo e Waldir do entusiasmo pela educação. Um troço criado por gente como eles só poderia ser especial. Agora... daí a viver o que rolou nesses sete dias... sinceramente, estou com dificuldade de escrever sobre o evento por saber que não vou conseguir expressar o que houve por lá.

Uma coisa que eu achei muito legal, por exemplo, foi que a turma foi acomodada nos quartos aleatoriamente, sem respeitar os grupos de origem, ou seja: professores acompanhantes e seus alunos foram separados nas acomodações. Da mesma forma, os alunos foram divididos em 12 grupos, cada um com seu nome e grito de guerra, sem respeitar nem o grupo de origem nem os quartos. Isso, claro, ajudou demais a integrar a turma.

Abaixo, algumas imagens do acontecido.

Hotel fazenda onde foi o evento, em Paraibuna, a 30 km da sede do município.

Nosso QG, onde ficava o material de uso nas oficinas. Ao fundo, espaço onde aconteciam as palestras.

Detalhe do espaço para palestras. Ao fundo... plantio de eucalipto e pinus... :)

No alto da encosta, piscina, refeitório e alojamento dos alunos.

As imagens acima mostram boa parte do espaço onde realizou-se o SpaceCamp. O lugar é muito legal, mas o serviço foi médio. A comida foi assim assim (os alunos chamavam os sucos de LCNI - Líquidos Coloridos Não Identificados), e tivemos um bocado de problemas com falta de água nos alojamentos, piscina suja, enfim, poderia ser bem melhor. Me esqueci do nome do lugar, mas vou consultar e colocar informações aqui, até pq acho que o espaço é tão bom que vale a pena conversar com a turma prá ver se o serviço melhora.

A minha participação seria em uma oficina de Arduino, bem como apoio numa outra oficina de automação. Acontece que pela impossibilidade de comparecimento de dois instrutores, eu acabei assumindo inteiramente a parte "teórica" de sensores, uma oficina de linguagem de programação e outra palestra de eletrônica embarcada. Abaixo, algumas imagens das atividades em que me envolvi:

Não, eu não estava a exercitar minha eloquência em relação ao Salvelindo... o ppt é que não apareceu na foto.


Materiais.
Fizemos com eles uma oficina de eletrônica básica. A ideia era que, depois de me ouvirem falar sobre circuitos analógicos, a turma construísse um circuito detector de "secura" na terra. Dei a eles um esquema de um detector de umidade, ou seja, um circuito que identificasse a presença de água num copo com terra, e pedi que eles montassem. Em seguida, simplesmente sugeri que eles invertessem, ou seja, o circuito deveria informar que a terra estava seca. Para minha (primeira de muitas) surpresa, todos os grupos deram conta da tarefa. 

Circuito montado.

Waldir discute as alternativas com a turma.
Nos próximos posts, mais sobre o SpaceCamp 2014.