Postagem em destaque

Controle PID de Potência em Corrente Alternada - Arduino e TRIAC - Parte I

Este post é o primeiro de uma série de seis que escrevi tratando de controle de potência e PID (controle proporcional, integral e derivativo...

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Leitor de impressões digitais no Arduino

No nosso Automação no Parque especial de Carnaval, um ex-aluno, Maurício, agora estagiário da Simova após minha indicação, apareceu com um leitor de impressões digitais para que a gente o fizesse funcionar conectado ao Arduino. O dispositivo é esse aqui. Abaixo, algumas imagens do dito na nossa "bancada sabática".





A conexão do bicho é de uma simplicidade nauseabunda, como diria um antigo professor de matemática do COLTEC.

O bicho se comunica via serial, então basta vc conectá-lo com o Arduino pelos pinos 2 e 3. Dois outros pinos são para alimentação, 5 V.

Ele funciona da seguinte forma: primeiro vc cadastra nele as impressões a serem validadas. Depois, em modo "consulta", ele mesmo valida a impressão coletada, fornecendo ao Arduino o código da impressão lida, caso seja válida, ou um código de erro.

E o mais legal é que vem com uma lib muito bem feita para lidar com ele. Esta está disponível aqui. Essas coisas é que fazem com que eu realmente goste de trabalhar com a plataforma Arduino: o conceito de libraries, por exemplo.

Na biblioteca tem um programa prontinho prá cadastrar as suas impressões digitais, onde vc fornece um número para cada uma delas e em seguida, coloca o dedo no sensor para que o mesmo possa armazená-la em seu "banco de dados". Em seguida, o "pograminha" pede para vc retirar o dedo e colocar novamente, para que ele possa validar a impressão armazenada.

O fabricante diz que o índice de "falso positivo" (aceitar um "dedo" não cadastrado) é inferior a 0,001%, e o de falso negativo, 1%. Ou seja, é muito seguro.

E, claro, na biblioteca tem exemplos diversos sobre como ler e validar as impressões armazenadas, bem como zerar o banco.

Abaixo, um vídeo do programa de cadastro de dedinhos funcionando. Abracadabraço!